Financeiro

A idade é levada em consideração na hora de um empréstimo?

Entenda quais são os fatores considerados pelo banco quando você solicita um empréstimo.

O empréstimo bancário é uma das principais formas de conseguir dinheiro de maneira rápida e segura. Ele pode ser utilizado para pagar dívidas pendentes, com juros mais altos, aplicar em seu próprio negócio ou arcar com despesas inesperadas, como uma reforma na casa ou um tratamento médico urgente.

Entretanto, é comum que as pessoas tenham dúvidas sobre as regras de financiamento envolvendo o empréstimo. Isso porque, para conseguir esse dinheiro, é preciso cumprir alguns requisitos exigidos pelo banco, de forma que ele tenha mais garantias e compreensão sobre com quem está lidando.

Neste texto, entenda melhor sobre o que o banco avalia na hora de determinar a liberação de um empréstimo e como isso impacta o valor cedido.

Critérios avaliados

Quando solicitamos um empréstimo, é normal que as instituições financeiras avaliem o nosso perfil. Isso acontece para que os bancos conheçam a pessoa, determinando o limite do valor a ser disponibilizado, as taxas de juros aplicadas, a quantidade de parcelas e o prazo de pagamento.

Um dos pontos avaliados é se há restrição no nome da pessoa. A partir dos dados fornecidos, o banco consulta se o indivíduo tem pendências não apenas com a própria instituição, como também em serviços como Serasa ou SPC. Caso exista algo, ele pode negar o empréstimo ao solicitante.

O banco também investiga o perfil de crédito da pessoa para entender qual é o relacionamento dela com o mercado. Ele consulta o Score de Crédito, que demonstra como é a saúde financeira do indivíduo, para poder ter garantia de que o solicitante é capaz de honrar o empréstimo.

A renda é outro critério avaliado. Ela é importante, uma vez que irá ajudar a determinar qual é o limite que pode ser emprestado, qual deve ser o valor da parcela e o prazo de pagamento. Normalmente, o custo da prestação não é superior a 30% do salário do indivíduo.

Caso a modalidade de empréstimo envolva um bem como garantia, como é o caso do refinanciamento de imóvel e veículo, a propriedade oferecida também é analisada. O imóvel ou o carro passam por vistoria por parte da instituição, de modo que ela possa avaliar o estado de conservação e determinar de forma mais precisa seu valor de mercado.

Idade influencia a liberação do empréstimo?

Um fator que pode influenciar um empréstimo consignado do INSS é a idade. Esse tipo de modalidade consiste em uma linha de crédito na qual o valor da parcela a ser paga é descontada na folha de pagamento do solicitante. Isso facilita a liberação do dinheiro e envolve menos burocracia.

Ela atende aos pedidos de empréstimos de aposentados e pensionistas do INSS, além de servidores públicos, trabalhadores com carteira assinada e militares das Forças Armadas. Os bancos costumam limitar a idade para contratação do empréstimo para diminuir o risco operacional e a estabilidade da modalidade.

De uma maneira geral, o limite de idade do empréstimo consignado é de 80 anos e 11 meses. Quanto mais avançada for a faixa etária do beneficiário, menor será o limite oferecido para empréstimo. Para efeito de comparação, pessoas com 79 e 11 meses podem fazer um empréstimo de até R$ 80 mil em alguns bancos.
Já para quem tem 80 anos e 11 meses, esse limite é de R$ 30 mil em certas instituições. É raro os bancos liberarem crédito após essa idade. O empréstimo consignado do INSS pode ser pago em até 72 meses, mas cada banco conta com suas próprias regras, que devem ser consultadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *